You are currently browsing the tag archive for the ‘Sartre’ tag.

A leitura da Simone de Beauvoir, de quem gosto muito, me levou a ler Sartre. Gostei muito também. Parece que toda a filosofia antes dele (ou mais ou menos, já que Heidegger e Husserl chegaram a esboçar pensamentos no mesmo sentido) acreditava que o homem tem uma essência,  algo que cada um é mesmo antes de nascer. Assim, por exemplo, o Platão acreditava (grosso modo) que existiam formas perfeitas e que todas as coisas do mundo são reproduções dessa perfeição e muitos outros falaram de alma, de destino. Para o Sartre, não. A frase-chave do Existencialismo é “a existência precede a essência”: o homem é um vazio e se constrói por seus atos, não há nada antes deles. O homem é movimento em direção a ele mesmo, “para-si” (já que ele está sempre em busca de se constituir). A realidade humana é liberdade, justamente porque é gratuita (gratuita porque não tem causa, já que não tem nada que venha antes e que a determine). O que é bonito e triste, porque somos condenados a ser livres (outra frase sartriana famosa). Existe um drama na liberdade, porque se somos o que fazemos, não existem mais desculpas (não podemos dizer que fomos covardes porque nascemos assim ou porque Deus quis ou porque era para ser) e, do mesmo jeito que são completamente livres, os seres humanos são completamente responsáveis por seus atos.

Estar em vez de ser é maravilhoso, mas aterrorizante. Toda ação (e não agir também é ação, também é escolha) carrega essa responsabilidade. Acho que gostei de ler o pouquinho que li de Sartre justamente porque tenho experimentado este completo vazio. Essa sensação de trem descarrilado. Tudo o que eu faço sou eu, mas eu não sou. Só a morte transforma as pessoas em absolutas, em começo meio e fim, em destino. O que não deixa de ser curioso: porque significa que só se é quando não se é mais.

_____

(Da série: falando do que não entendo muito bem, como quando falei de Física).

Anúncios
Uma mistura de guache e gauche.

Rebobinando

Twitter

Enter your email address to follow this blog and receive notifications of new posts by email.

Junte-se a 7 outros seguidores